Inscrição Etec 2017

Inscrição para o Vestibulinho Etec - 1º semestre de 2017

17 de outubro de 2016

No período de 17 de outubro a 18 de novembro de 2016, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) do Centro Paula Souza para o primeiro semestre de 2017. Ao todo, serão oferecidas 78.806 vagas para: Ensino Médio, Técnico (presencial, semipresencial e online), Técnico integrado ao Médio, Técnico integrado ao Médio na modalidade EJA, Especialização Técnica e para acesso às vagas remanescentes de segundo módulo dos cursos Técnicos. O valor da taxa de inscrição é de R$ 30. O exame será no dia 18 de dezembro.

Para o Ensino Médio, serão 6.053 vagas. Das 50.417 vagas disponíveis para os cursos Técnicos, 40.145 são destinadas às 220 Etecs, e 10.272, às 221 classes descentralizadas (unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a administração de uma Etec) por meio de parcerias com as prefeituras do interior e da Capital (CEUs) e com a Secretaria estadual da Educação para oferta do Ensino Técnico em salas de escolas estaduais.

Inscrições

Para concorrer a uma das vagas do Vestibulinho para o Ensino Médio e do Ensino Técnico Integrado ao Médio, o candidato deve ter concluído o Ensino Fundamental nas modalidades regular, Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Os que pretendem fazer o Ensino Técnico precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do Ensino Médio. O candidato que concluiu ou está cursando o ensino de EJA ou o Encceja deve ter o certificado de conclusão do Ensino Médio, declaração de que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA, ou ter dois certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA ou boletim de aprovação do Encceja enviado pelo MEC ou certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas.

A inscrição para o processo seletivo deve ser feita exclusivamente pela internet, pelo site www.vestibulinhoetec.com.br, até as 15 horas do dia 18 de novembro. Para efetivar a inscrição, é preciso imprimir o boleto bancário e pagar a taxa de R$ 30 em dinheiro em qualquer agência bancária. O Manual do Candidato está disponível para download no site do Vestibulinho.

Ensino Técnico integrado ao Médio

Para o Ensino Técnico Integrado ao Médio, são oferecidas 22.176 vagas. Esse número inclui 1.351 vagas destinadas às escolas estaduais, por meio do Programa Vence, parceria com a Secretaria de Educação do Estado. Nessa modalidade o candidato pode escolher entre:

* Ter aulas do Ensino Médio em uma escola estadual e as do curso técnico em uma Etec (modalidade interdependente) ou

* Optar pelas aulas do Ensino Médio e do curso técnico na mesma escola estadual.

As vagas para o Programa Vence são exclusivas para os alunos aprovados no processo e que sejam concluintes do 9º ano do Ensino Fundamental em 2016 ou em anos anteriores, que ainda não tenham sido matriculados na primeira série do Ensino Médio.

Especialização de nível médio

Neste Vestibulinho, 160 vagas são destinadas aos 3 cursos de especialização técnica: Enfermagem no Atendimento em Urgência e Emergência Intra e Extra-Hospitalar, Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição e Logística Reversa.

Para fazer a inscrição, além de ter concluído o Ensino Médio, o candidato precisa ter cursado integralmente o Ensino Técnico associado ao curso de especialização. Veja aqui a relação de cursos associados.

Certificação de Competência

O Vestibulinho também oferece vagas remanescentes de segundo módulo para dez cursos técnicos: Administração, Edificações, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática, Logística, Mecânica, Nutrição e Dietética, Recursos Humanos e Segurança do Trabalho.

Os interessados devem ter concluído o Ensino Médio e ter experiência profissional na área do curso, mediante avaliação e certificação de competências referentes ao primeiro módulo.

Inclusão social

O Sistema de Pontuação Acrescida concede acréscimo de pontos à nota final obtida no exame, sendo 3% a estudantes afrodescendentes e 10% a oriundos da rede pública. Se o candidato estiver nas duas situações, recebe 13% de bônus.

Para ter direito ao bônus, o candidato afrodescendente e/ou oriundo da rede pública deve fazer a autodeclaração no ato da inscrição.

É imprescindível ler o Manual do Candidato antes de fazer a inscrição para saber se realmente tem direito à pontuação acrescida, pois a matrícula não poderá ser realizada e a vaga será perdida caso as informações não atendam às condições estabelecidas em sua totalidade.

Outras informações pela seção Dúvidas Frequentes ou pelos telefones (11) 3471-4071 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-772 2829 (demais localidades).